COMBO 3 GLUTAMINA

COMBO 3 GLUTAMINA
COMBO 3 GLUTAMINA
Código: 71

Marca: Iron Fight Referência: IF 0215


Por:
R$ 91,20

R$ 82,08 à vista com desconto
ou 6x de R$ 15,20 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

COMBO 3 GLUTAMINE POTE 150g EM PÓ

 

Glutamine é um suplemento alimentar, anticatabólico, precursor de HGH (hormônio do crescimento) sendo a glutamina o aminoácido mais abundante encontrado no corpo humano. Ela atua no músculo esquelético e quando acontecem exercícios de alta intensidade, os níveis de glutamina diminuem e não atendem a demanda exigida pelo organismo o que prejudica o rendimento. A suplementação de glutamina ajuda o corpo a se proteger contra as perdas excessivas de tecido muscular, além de ajudar a diminuir a fadiga, fortalecer o sistema imunológico, colaborar nas funções de anabolismo muscular, reduzir as contraturas e aumentar a recuperação após um treino intenso.

O QUE É GLUTAMINA?

A Glutamina é um importante aminoácido que faz parte da composição da proteína sintetizada no corpo humano. O seu principal papel no organismo é auxiliar no transporte de nitrogênio para os músculos, o que por sua vez beneficia o processo de desenvolvimento da massa magra para aqueles que buscam a hipertrofia.

Este aminoácido é um dos precursores do hormônio do crescimento (HGH) e atua no músculo esquelético quando há uma grande demanda de energia. Dessa forma, ele protege o corpo contra grandes perdas de tecido muscular enquanto ainda ajuda a:

 

diminuir a fadiga;

reduzir as contrações;

fortalecer o sistema imunológico; 

melhorar as funções de anabolismo muscular. 

 

Tudo isso age positivamente na recuperação após um treino intenso. Por outro lado, níveis baixos de glutamina não atendem a demanda necessária para realizar exercícios de alta intensidade. 

Assim, o suplemento alimentar Glutamine da Iron Fight é essencial para manter a taxa correta do aminoácido na sua dieta e garantir treinos com rendimento e desempenho maiores.

 Vale ressaltar que ele é anticatabólico, ou seja, ameniza a degradação de proteína muscular – um dos maiores vilões para quem pratica musculação.

Como um suplemento, a Glutamine é um composto rico em substratos – do tipo aminoácido de cadeia ramificada (BCAA’s), que são responsáveis pela síntese proteica no organismo. Além disso, ela ainda contém quantidades relevantes de valina, isoleucina e ácido glutâmico (um ácido muito importante para o cérebro).

Basicamente, a glutamina pode ser o diferencial que o atleta precisa para melhorar o desempenho na busca de uma hipertrofia real e duradoura, que não venha apenas de um inchaço proveniente de grandes quantidades de água nos músculos. 

Mesmo que ela seja produzida naturalmente pelo organismo humano, é possível – e muito benéfico – otimizar as quantidades através da suplementação.

GLUTAMINA PARA QUE SERVE?

Cada vez mais, atletas e pessoas que praticam musculação ou atividades físicas de alta intensidade têm se rendido aos benefícios da suplementação. O mesmo tem acontecido com o consumo da glutamina, uma das queridinhas para melhorar o desempenho no treino. 
A glutamina é um aminoácido responsável pelo transporte de amônia e nitrogênio no músculo, duas substâncias muito importantes para prover a energia necessária em diversas atividades físicas. Quando não há a quantidade ideal dessa molécula no organismo, o catabolismo muscular – perda de massa magra – se torna grande. 
Por isso, umas das principais utilidades da glutamina é servir como reserva energética para treinos melhores e mais eficientes em relação aos resultados.
Há também estudos que comprovam a eficiência da glutamina para o bom funcionamento mental, visto que ela favorece a síntese de GABA, um importante neurotransmissor que proporciona calma e relaxamento.
Esse aminoácido também pode ser utilizado como um importante auxílio para o sistema imunológico, o que pode trazer grandes benefícios para momentos de fadiga pós treino.
Isso só acontece porque ela é uma substância muito importante para amenizar os efeitos do overtraining – quando o atleta faz mais exercícios do que o corpo é capaz de suportar. Geralmente, as pessoas que passam por isso sentem fadiga muscular, náuseas e oscilações no humor. Então, o uso da suplementação só tem a somar para o condicionamento físico.
Assim, é fácil ver como esse aminoácido é de grande importância no organismo, pois serve para diversas funções que melhoram a aptidão, níveis de energia e recuperação muscular – o que afeta positivamente a hipertrofia. O suplemento Glutamine da Iron Fight serve perfeitamente para manter os níveis adequados dessa substância no corpo e, consequentemente, melhorar os treinos.

GLUTAMINA: BOM PARA QUAIS OBJETIVOS?

A glutamina é um importante aminoácido, produzido pelo corpo humano para atuar no transporte de nitrogênio dentro dos músculos. Isso significa que ela é uma das substancias responsáveis por auxiliar na redução do catabolismo e fadiga muscular, agindo assim positivamente no aumento do volume de massa magra – hipertrofia.
É válido esclarecer que o nosso corpo é capaz de produzir a grande maioria dos aminoácidos necessários para a manutenção de uma boa saúde. 
Entretanto, alguns devem ser repostos por meio de uma suplementação, tanto porque o corpo não produz a quantidade suficiente, quanto porque os exercícios físicos de maior intensidade podem realmente exigir muito do organismo.
Dessa forma, o maior objetivo de quem utiliza suplementos de glutamina é repor o que foi perdido ou compor a sua falta. Isso significa que seu rendimento no treino será muito maior e os resultados estarão cada vez mais fáceis de serem obtidos. Ainda assim, é possível utilizar o Glutamine da Iron Fight para outros propósitos:
EVITAR GRANDES QUEBRAS DE PROTEÍNA
A glutamina é o aminoácido mais abundante encontrado no corpo humano, porém após atividades físicas intensas há uma perda significativa da mesma. 
Dependendo do organismo, pode-se levar até uma semana para que os níveis de glutamina se restabeleçam após alguns tipos de exercícios, pois a demanda de energia é enorme. 
Fazer uso da suplementação evita a quebra de proteína dos músculos, ou seja, reduz o catabolismo.
MELHORAR O SISTEMA IMUNOLÓGICO 
Poucos sabem, mas a glutamina exerce papéis importantes no nosso corpo. Ela pode atuar até como um anti-estress, já que tem uma importante função relacionada ao neurotransmissor GABA, responsável pelo estado de relaxamento e calma. 
Assim, é possível dizer que ela influencia na boa condição mental das pessoas. Além disso, a glutamina ainda ajuda no sistema imunológico, por amenizar efeitos das situações de overtraining.

GLUTAMINA BENEFÍCIOS

As atividades físicas, principalmente as que envolvem levantamento de peso, levam a uma considerável perda dos níveis de glutamina no músculo. 
Isso é extremamente prejudicial para quem está buscando a hipertrofia, pois tudo o que se pode conseguir como resultado é o catabolismo muscular. Na busca de reverter essa situação, muitas pessoas optam pela suplementação.
Mas a verdade é que, com o suplemento Glutamine da Iron Fight, é possível obter diversos benefícios provindos da glutamina. Por isso, cada vez mais pessoas estão adaptando suas dietas para incluir essa substância, assim, elas veem resultados maiores e constantes ao longo dos treinos. 
Mas afinal, quais são os benefícios desse aminoácido e por que a suplementação é necessária?
 
Equilibra o PH sanguíneo;
Melhora a resistência muscular;
Participa na síntese de proteínas, o que evita o catabolismo muscular e fornece glutamina a outras células do corpo;
Beneficia a captação de glicose logo após os treinos, reparando assim o glicogênio e promovendo a restauração da energia;
Diminui a sensação de fadiga depois do treino;
Auxilia na normalização dos níveis de hormônio do crescimento;
Melhora a hidratação muscular;
Protege as células em relação aos radicais livres, que são responsáveis por algumas doenças;
Potencializa o sistema imunológico;
Melhora o anabolismo celular (síntese de moléculas complexas por meio de moléculas simples);
Melhora o metabolismo; 
Auxilia no crescimento dos músculos;
Auxilia no bom funcionamento do intestino e, consequente, na absorção dos nutrientes oferecidos na alimentação;
Auxilia de maneira significativa nas funções da memória;
Favorece a produção de Glutationa, poderoso antioxidante para o corpo;
 
Vendo essa lista enorme, fica fácil entender porque o suplemento de glutamina é tão importante para o corpo. Ainda assim, lembre-se de que não se deve fazer o uso indiscriminado dessa substância. Antes de qualquer ação, é preciso consultar um médico nutricionista.

GLUTAMINA COMO TOMAR?

A Glutamine da Iron Fight é um suplemento essencial para atletas e pessoas que fazem treino de musculação, pois ele ajuda principalmente na redução do catabolismo muscular. 
Isso só é possível porque a suplementação consegue manter os níveis adequados do aminoácido, para que assim o organismo não precise quebrar proteínas em busca de energia. Basicamente, é uma forma de evitar a fadiga muscular e potencializar resultados.
No entanto, toda suplementação deve ser primeiramente recomendada por um nutricionista, pois só ele conseguirá aferir uma quantidade de utilização ideal. 
Ainda assim, o indicado é que seja ingerida uma dose diária de, no máximo, 20 gramas do produto dissolvidas em 400ml de água ou de uma bebida da sua preferência. 
Há quem prefira tomar essa quantidade aos poucos durante o dia, mas é importante lembrar de que é preciso um mínimo de 5 gramas para começar a ver os resultados.
 
No início da manhã: tomar 5 gramas de glutamina auxilia na potencialização do transporte de glicogênio;
Antes do treino: a ingestão de 4 a 8 gramas em um período de 30 minutos antes do treino é essencial para um fornecimento de energia;
Alimentação pós-treino: consumir 5 gramas logo após o término do treino vai favorecer uma melhor recuperação muscular e levar a normalização dos níveis de glutamina gastas durante a atividade física;
Ceia: a ingestão de 5 gramas na sua última refeição do dia beneficia a produção do hormônio do crescimento enquanto dorme, já que seus músculos vão permanecer em estado anabólico.
 
É importante ter atenção ao uso quando alguém tem já tem algum problema de saúde. Pessoas com diabetes devem evitar o consumo de glutamina, já quem tem problemas renais ou no fígado não deve ingerir sem orientação profissional, pois podem haver consequências graves.

ALIMENTOS RICOS EM GLUTAMINA

A Glutamina é um aminoácido responsável, principalmente, pelo transporte de nitrogênio nas células musculares. 
Ela é produzida naturalmente no organismo humano, mas suas taxas podem chegar a níveis drasticamente baixos após a realização de exercícios físicos de alta intensidade, assim como em função de algumas doenças, feridas e até mesmo com a velhice.
Nesses momentos de perda, é importante complementar seu corpo com fontes de vitamina, seja por suplementação, seja criando uma alimentação rica e equilibrada. Como algumas pessoas ainda se sentem receosas quanto os suplementos, é importante mostrar que elas possuem outras opções.
A Glutamina é formada a partir de outros aminoácidos – o ácido glutâmico, a isoleucina e a valina. São substâncias que podem ser encontrados em alguns alimentos, portanto, incluí-los na sua alimentação será um grande auxílio para suas reservas energéticas musculares. 
Segue a relação dos principais alimentos ricos em Glutamina:
 
Frutos do mar: Peixes, camarões, mexilhões e caranguejos são ótimas fontes de glutamina. Além disso, os que são provenientes da água do mar tem o teor ainda maior;
Carnes: Frango, cordeiro e bovina são ótimas fontes de glutamina para incluir na dieta. A carne de animais que se alimentam de pastagem é ainda melhor;
Leites e derivados: Queijo e iogurte;
Vegetais e Grãos: Feijão, ervilha, fava, beterraba, espinafre, couve, salsa e repolho podem ser muito importantes para quem é vegetariano ou vegano e precisa aumentar a ingestão de glutamina.
 
Dê preferência a cortes de carne bovina e de frango que são mais magros, como o patinho e o peito do frango, assim consegue a quantidade adequada de glutamina sem consumir muita gordura. É importante lembrar de que o suplemento pode ser uma fonte melhor, pois apresenta o aminoácido de forma isolada, o que diferencia seu aproveitamento. Portanto, se começar a ver resultados ao mudar de dieta, saiba que poderá ver muito mais com o uso da Glutamine Iron fight.

MELHORES HORÁRIOS PARA CONSUMO DA GLUTAMINA


Saber quando tomar o suplemento Glutamine da Iron Fight é uma enorme dúvida entre os atletas ou aquelas pessoas que fazem treino de musculação. Isso porque os benefícios desse aminoácido são muito desejáveis e, por isso, todo mundo quer garantir que está fazendo a utilização de forma correta e eficiente.

ANTES DO TREINO
Há um estudo publicado no American Journal of clinical Nutrition indicando que apenas 2 gramas de glutamina é o suficiente para aumentar os níveis de hormônio do crescimento e de bicarbonato na corrente sanguínea. Isso acontece, em média, cerca de 90 minutos após a ingestão – um ótimo período para o pré-treino.
O bicarbonato auxilia a tolerar doses altas do ácido lático que é gerado após treinos pesados. Isso quer dizer que o consumo da glutamina antes do treino auxilia na resistência e na diminuição da fadiga durante os exercícios. Dessa forma, ao consumir a substância conseguirá fazer mais repetições com menos esforço e cansaço.

APÓS O TREINO
Após o treino, as reservas de glutamina estarão muito baixas em relação ao nível normal que seu organismo precisa. Isso está altamente relacionado com situações de um sistema imune enfraquecido, catabolismo muscular e overtraining. O fato é que, nesse momento, as células estarão mais receptivas à entrada de nutrientes, em busca de repor o que foi perdido.

AO ACORDAR
Ao se levantar, seu corpo já passou por um período de 6 a 8 horas sem nenhum tipo de nutrição feita a partir de alimentação, e isso só significa uma coisa: catabolismo. Para diminuir os efeitos desse estado “destrutivo” - vilão para quem busca a hipertrofia – a ingestão de 3 a 5 gramas de glutamina ao acordar é bastante benéfica.

ANTES DE DORMIR
Diversas pesquisas apontam que a glutamina agrega vários benefícios para a produção de hormônio do crescimento quando ela é ingerida logo antes de ir para cama. Outros estudos apontam que a ingestão de 5 gramas desse aminoácido antes de dormir pode aumentar consideravelmente os níveis de GH na corrente sanguínea, o que estimula a síntese e regeneração de fibras musculares.

GLUTAMINA OU BCAA?

A glutamina e o BCAA são ambos aminoácidos necessários para a construção de músculos – juntamente com outros 16 tipos. A diferença entre eles é simples: enquanto a glutamina é sintetizada pelo organismo e, por isso, se caracteriza como não essencial, os BCAAs – L-Valina, L-Leucina e L-Isoleucina – são aminoácidos que devem ser obtidos por meio da alimentação, pois eles são essenciais, ou seja, o corpo humano não pode produzi-los.

Com essa afirmação, é possível sua imaginação te leve à uma conclusão equivocada, afinal, é bem possível pensar algo como “se meu corpo já produz glutamina, eu devo buscar o BCAA”, mas a verdade é que não é bem assim. 

Não há uma regra quando falamos sobre suplementação, é preciso ter primeiramente um acompanhamento médico com um nutricionista, que verificará exames e saberá indicar o que funciona melhor para você.

Além disso, cada organismo é diferente. Pode ser que uma dieta rica e equilibrada consiga trazer os níveis de BCAAs essenciais para a manutenção da sua massa muscular. 

Entretanto, a glutamina que é extremamente utilizada durante um treino de alta intensidade pode não ter tempo de ser reposta com sua rotina de exercícios, dessa forma, fazer uso da suplementação seria importante.

É claro que fazer o uso de uma suplementação rica em BCAAs também é importante, mas a realidade é que tudo dependerá do seu organismo. Por isso, frisamos que é importante ter acompanhamento de um profissional qualificado para ajudar nessa decisão. 

Assim, o atleta garante estará utilizando o que realmente precisa e poderá ver resultados melhores.

 

VANTAGENS DA GLUTAMINA

Turbina os treinos;

Auxilia na recuperação após o treino, evitando o catabolismo;

Melhora a renovação das células;

Aumenta a velocidade de regeneração muscular;

Auxilia na formação de glicose, contribuindo para o treino em relação a obtenção de energia.

 

VANTAGENS DO BCAA

 

Fornece aminoácidos livres e prontos para serem absorvidos;

Uma ótima opção para alérgicos ou intolerantes à lactose que não se deram bem com o Whey;

Estimula a insulina, hormônio altamente anabólico;

Eleva a absorção de outros aminoácidos e nutrientes;

Permite uma grande entrada de glicose nas células, fornecendo mais energia durante os treinos.

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Avaliações do Produto