COLÁGENO HIDROLISADO (150g)

COLÁGENO HIDROLISADO (150g)
COLÁGENO HIDROLISADO (150g)
Código: 28

Marca: Iron Fight Referência: IF10


Por:
R$ 24,00

R$ 21,60 à vista com desconto
ou 2x de R$ 12,00 Sem juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

COLÁGENO HIDROLISADO POTE 150g EM PÓ

 

Colágeno Hidrolisado é um suplemento proteico cuja ação principal é de sustentação da pele e tem papel vital em sua firmeza e elasticidade, auxilia na manutenção da estrutura dos fios de cabelo e unhas, no combate a celulite e estrias. O Colágeno também tem efeito regenerativo em ligamentos e articulações, e associado ao Betacaroteno e Vitamina C ajuda a neutralizar os radicais livres, auxilia no bronzeamento, previne rugas e retarda o envelhecimento da pele.

O COLÁGENO E AS RUGAS

O colágeno se constitui como uma poderosa proteína que está presente na maioria dos tecidos e dos órgãos do nosso corpo. No entanto, ele também pode ser obtido por meio do consumo de alguns alimentos, suplementos e até em cremes específicos.
A principal função dessa proteína é sustentar as células e mantê-las unidas e firmes. Isso faz com que ela seja crucial para preservar a saúde da pele, músculos, ligamentos, tendões e das articulações. No entanto, ele ficou mais popular por conferir mais firmeza, elasticidade e evitar o aparecimento de rugas.
Com o passar do tempo, o nosso corpo perde gradativamente a capacidade de sintetizar as fibras de colágeno. Isso é acentuado depois de alcançar os 30 anos de idade, sendo necessário fazer uma suplementação alimentar para impedir que essa perda seja tão brusca.
Sem esse tipo de suplemento, a pele perde gradativamente a sua capacidade de sustentação e fica com um aspecto envelhecido. Por isso, quem deseja evitar as rugas, linhas de expressão e a terrível flacidez deve investir no consumo dessa poderosa proteína.
Hoje, é possível encontrar vários tipos de colágeno. Assim, para garantir os melhores resultados, o ideal é que o usuário procure ajuda de um especialista antes de começar a consumi-lo. Afinal, esse profissional é capacitado para orientar sobre como o suplemento deve ser consumido e em que intervalo de tempo.
Sem esse tipo de orientação, as chances do usuário consumir um suplemento que não tem a capacidade de contribuir para a prevenção e melhora das rugas aumenta consideravelmente.

O COLÁGENO MELHORA A FLEXIBILIDADE, CONFORTO E MOBILIDADE DAS ARTICULAÇÕES?

Na medida em que envelhecemos, o nosso corpo perde gradualmente a sua capacidade de produzir colágeno. A principal consequência disso é um grande desgaste nas articulações, assim como a diminuição da flexibilidade e da mobilidade.
As principais áreas do nosso corpo que são afetadas pela perda dessa proteína são: cotovelos, joelhos, ombros, tendões, punhos, tornozelos, entre outras. Os usuários que sentem a perda dessa substância se queixam continuamente de desconfortos, dores e até mesmo de limitações nos movimentos.
Isso afeta diretamente a saúde e a qualidade de vida das pessoas. No entanto, esses incômodos podem ser minimizados por meio do uso de suplementações, que repõem essa substância no organismo e aliviam as dores e promovem o conforto aos usuários.
Segundo os especialistas, o melhor tipo de colágeno para quem sofre com esses desconfortos é o de Tipo II. Por meio desse suplemento, é possível fazer a reposição da proteína e ainda prevenir o surgimento de dores nas articulações, das doenças como a osteoartrose e a osteoartrite.
Ao ser consumido de maneira adequada, o suplemento evita o desgaste das cartilagens e ainda reduz as dores e inflamações nas articulações. Essa eficácia já foi comprovada por meio de diversos estudos científicos da área, mas para promover esses resultados é preciso ingerir essa substância da maneira correta.
Para tanto, recomenda-se que o usuário passe pela avaliação de um especialista. Apenas ele pode indicar qual a dosagem ideal que deve ser consumida por dia, a frequência e a duração do uso do suplemento para aumentar a flexibilidade, mobilidade e conforto.

DOENÇA AUTO-IMUNE E AS ARTICULAÇÕES

A artrite reumatóide é classificada como uma doença autoimune, ou seja, que consiste no ataque do próprio organismo às articulações. As pessoas que sofrem com esse problema de saúde sentem inchaço, dores e grande rigidez nas juntas, o que limita os seus movimentos.
Quando a doença não é tratada a tempo, ela pode provocar o surgimento de deformações e até a degeneração dos ossos. Nesses casos, o indivíduo tem a sua qualidade de vida totalmente comprometida, pois sentirá grande dificuldade na realização de tarefas simples como fazer a escovação dos dentes.
De acordo com pesquisas, esse problema de saúde é mais comum em mulheres, com idade entre 30 e 50 anos. No entanto, os danos causados por essa doença não se limitam às articulações, ela também provoca entupimento nas artérias, infartos, entre outros.
Apesar das causas da artrite reumatoide ainda não serem totalmente conhecidas e não ser possível falar sobre uma forma de prevenção, é possível evitar algumas complicações apresentadas por essa doença autoimune. Essas medidas variam desde a prática de alguns exercícios físicos até alterações na alimentação e uso de alguns medicamentos.
Entre alguns dos suplementos indicados para diminuir os incômodos causados pela doença destaca-se o uso de colágeno. Porque ele contribui para o fortalecimento das cartilagens, o que evita que os ossos sejam desgastados com o passar do tempo e devido a doença.
No entanto, antes de começar a usar esse tipo de suplemento é preciso consultar o seu médico para que ele possa indicar a melhor maneira de consumir essa substância. Essa é uma excelente forma de garantir excelentes resultados com esse tipo de proteína.

 

O QUE É A OSTEOARTRITE?

A osteoartrite é considerada a forma mais comum da artrite, que atinge diretamente as articulações, em especial as dos joelhos e dos dedos. Os indivíduos que sofrem com essa doença podem sentir desde um pouco de dor e rigidez, até problemas constantes e crônicas.
As articulações saudáveis é possível perceber uma cartilagem que cobre todos os ossos e ajuda na movimentação e amortecendo o impacto entre eles. No entanto, quando o indivíduo é diagnosticado com esse problema de saúde, esta cartilagem fica danificada e desgastada, o que provoca as dores e a rigidez nas articulações.
De maneira geral, essa doença atinge pessoas com idade entre os 45 e 65 anos. Quando não tratada de forma correta, os ossos podem chegar a partir e causar os denominados esporões. Esse tipo de sintoma faz com que o indivíduo sinta cada vez mais incômodos e dores nas articulações, sobretudo quando se tenta mover a articulação.
Em uma tentativa de reparar as articulações, é possível recorrer a alguns suplementos como o colágeno. Essa proteína, que pode ser produzida naturalmente pelo organismo, pode promover resultados surpreendentes, pois ela estimula o desenvolvimento e fortalecimento das cartilagens.
Apesar dos benefícios que o uso desse tipo de suplemento pode oferecer, é preciso consultar o seu médico antes de começar a ingerir esse tipo de proteína. Sobretudo porque ele poderá fazer uma avaliação completa do seu caso e indique a quantidade adequada para contribuir no tratamento. Caso contrário, o indivíduo pode não obter a melhora esperada.

 

O QUE É COLÁGENO TIPO I?

O Colágeno Tipo I, também conhecido como colágeno hidrolisado, é uma proteína retirada dos ossos e cartilagens de animais como frangos e bois. Após isso, essa propriedade é submetida a um processo chamado de hidrólise, no qual as moléculas de proteína são quebradas em partículas minúsculas. 
Devido a isso, esse tipo de colágeno consegue ser absorvido de maneira mais eficiente pelo organismo, principalmente pelo intestino. Por esse motivo, ele consegue promover resultados eficientes como: 
 
prevenir o surgimento de úlceras gástricas;
melhora a pressão arterial; 
melhora a firmeza da pele; 
fortalece as articulações;
fortalece os cabelos e unhas;
atua contra a osteoporose. 
 
A dosagem diária ideal a ser ingerida de Colágeno Tipo I é equivalente a 10 gramas. O ideal é consumir o suplemento acompanhado de algum alimento rico em vitamina C, isso porque ele consegue potencializar os efeitos que o colágeno proporciona no organismo.
Normalmente, os suplementos já são enriquecidos com fontes de vitamina C deixando-os mais eficientes. Uma dica bacana é investir em outras opções de alimentos que possuem um alto teor de proteína e colágeno, tais como gelatinas, carnes brancas ou vermelhas.
Mas eles sempre precisam ser ingeridos de maneira complementar e sem ultrapassar a quantidade recomendada pelo nutricionista ou do fabricante. 

O QUE É COLÁGENO TIPO II?

O Colágeno Tipo II, também é conhecido como Colágeno não desnaturado, normalmente ele é encontrado em grande quantidade nas nossas cartilagens. O seu processo de fabricação não enzimático ocorre em temperaturas mais frias, com o objetivo de evitar a hidrólise das moléculas. 
Isso garante que as propriedades dessa proteína não sejam alteradas e fiquem íntegras, evitando o processo de divisão que ocorre no Colágeno Tipo I. Por esse  motivo, ele é considerado como de alta concentração. 
É importante destacar que o Colágeno Tipo II é recomendado no tratamento de doenças autoimune, tais como: 
 
artrite reumatoide;
osteoartrite com origem autoimune.
 
Nesses tipos de doenças o organismo identifica o colágeno presente nas articulações como uma propriedade estranha. Por esse motivo, ele naturalmente cria enzimas que afetam a cartilagem e geram os principais sintomas dessa doença. 
Como uma forma de estimular o organismo a fazer a reposição do colágeno e minimizar os sintomas, os especialistas recomendam a suplementação do Colágeno Tipo II. 
Isso porque as suas propriedades dele atuam diretamente na redução de inflamações, melhora da saúde das articulações e evita os danos da cartilagem provocado pelo sistema imunológico. 
Por ser concentrado, essa versão de colágeno deverá ser ingerida em uma quantidade menor do que o Colágeno Tipo I. A recomendação é consumir cerca de 40 miligramas em jejum e apenas uma vez por dia. 

O ÁCIDO HIALURÔNICO E AS ARTICULAÇÕES

O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo, tendo como origem as células da membrana sinovial e outras moléculas que compõem o “líquido sinovial”. Esse ácido tem como principal função lubrificar e nutrir o tecido cartilaginoso.
Inicialmente, esse ácido começou a ser usado como uma forma de aumentar a superfície cartilaginosa e diminuir a pressão nas articulações. No entanto, os resultados obtidos por meio do uso desta substância foram tão significativos que ele passou a ser amplamente utilizado para o tratamento de problemas nas articulações.
Hoje, ele também é utilizado como uma forma de reduzir a ativação das células inflamatórias que são responsáveis pela ação inflamatória que causa sérios danos às articulações e a artrose.
Além disso, o ácido hialurônico também estabiliza a degradação das cartilagens, evitando assim que os ossos sofram com pressão e fiquem desgastados e frágeis de uma forma mais rápida. Esse é um importante benefício para aquelas pessoas que sofrem com problemas nas articulações.
Quando consumidor de maneira adequada, esse ácido ainda estimula a produção de células cartilaginosas, assim como do colágeno de tipo II. Esse ácido também tem uma ação direta sobre os receptores de dor articular, provocando uma sensação analgésica de longa duração.
Esses são alguns dos principais motivos que fazem com que ele seja cada vez mais utilizado como forma de tratamento e até prevenção dos problemas causados nas articulações. Porque a sua composição atua diretamente sobre as cartilagens, diminuindo as chances de desgaste e de prejudicar os ossos.

PARA QUE SERVE A CONDROITINA?

A Condroitina é um tipo de glucosaminoglicano de elevado peso molecular que pode ser encontrado nas cartilagens e tecidos conjuntivos do nosso organismo. A principal função dessa propriedade é a de fortalecer a estrutura das articulações, assim como garantir o seu bom funcionamento. 
A suplementação dessa substância também estimula um poderoso poder anti-inflamatório nas articulações. Por esse motivo, ela é indicada para quem sofre com doenças como a osteoartrite, principalmente na região das mãos, quadril e joelhos. 
Existem estudos que comprovam a eficiência dessa suplementação em pacientes com osteoartrite. Após fazer o consumo diário da substância eles apresentaram melhoras significativas e diminuição das dores. 
O consumo diário de Condroitina também serve para reduzir as dores articulares em atletas de alta performance. Isso porque ela tem o efeito de reduzir o processo de degeneração da cartilagem presente nas articulações. 
Também serve para evitar a ocorrência de lesões durante os treinos, algo crucial para que o atleta consiga realizar treinos com mais eficiência e principalmente, sem dor. 
Para obter todos esses benefícios é recomendado consumir entre 800 a 1.200 miligramas desse suplemento diariamente logo após as refeições. Os efeitos começam a surgir logo após a segunda semana de uso e seus efeitos podem perdurar por até 3 meses após o término do uso. 

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Cor: Rosa
  • Gênero: Femino
  • Lactose: sem lactose
  • Tipo: misto
  • Indicado para Exercícios Físicos: Indicado para Exercícios Físicos
  • Tamanho: Até 1KG

Avaliações do Produto